Repercussão mundial: assassinato de Bruno e Dom tem 18 milhões de menções em mais de cem países nas redes sociais

Caso teve grande impacto nos EUA e na Inglaterra pela internet, além de ganhar extensa cobertura da imprensa internacional

www.brasil247.com - Policiais e membros da equipe de resgate durante operações de busca pelo jornalista britânico Dom Phillips e pelo indigenista Bruno Pereira em Atalaia do Norte, no Amazonas
12/06/2022 REUTERS/Bruno Kelly
Policiais e membros da equipe de resgate durante operações de busca pelo jornalista britânico Dom Phillips e pelo indigenista Bruno Pereira em Atalaia do Norte, no Amazonas 12/06/2022 REUTERS/Bruno Kelly (Foto: REUTERS/Bruno Kelly | Reprodução/TV Globo | Reprodução/Twitter)


247 - Não é somente um assunto nacional: o assassinato do jornalista Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira acumula massiva repercussão em mais de cem países nas redes sociais, segundo o instituto de pesquisas Quaest.

Em infográfico publicado no Twitter, o diretor do instituto, Felipe Nunes, mostra que, desde o dia 5 de junho (data do desaparecimento da dupla no Vale do Javari) até hoje, o assunto teve mais de 18 milhões de menções na internet, sendo apenas menos da metade vindas do Brasil (7 milhões).

Na Inglaterra, país de origem de Dom, foram quase 500 mil menções, enquanto nos EUA o assunto já ultrapassou a casa do 1 milhão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Além de tomar a web, o lamentável caso também ganhou grande destaque na imprensa internacional e pode 'sepultar' a reputação de Bolsonaro no exterior, agravando a crise já vivida.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email