Trump joga a toalha, reconhece Biden e passa a pregar paz e união nos Estados Unidos

Depois de incitar um golpe, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, divulgou um vídeo nesta noite em que finalmente reconheceu os resultados eleitorais e condenou duramente a violência no dia de ontem

Donald Trump
Donald Trump (Foto: Carlos Barria/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, condenou na noite desta quinta-feira (7) os seus apoiadores que invadiram o prédio do Capitólio em protesto contra a confirmação da eleição de Joe Biden. Após apontar fraude no resultado das eleições por diversas vezes, Trump também reconheceu finalmente sua derrota, em meio a pressões para que renunie ou seja retirado forçadamente do cargo.

Em vídeo divulgado pelo Twitter, Trump disse que está "indignado" com o "ataque hediondo" ao Capitólio. “Como todos os americanos, estou indignado com a violência, a ilegalidade e o caos. Imediatamente enviei a Guarda Nacional e a polícia federal para proteger o prédio e expulsar os intrusos”, disse ele.

"Aos que se envolveram em atos de violência e destruição: vocês não representam nosso país. E para aqueles que infringiram a lei: você vai pagar", afirmou Trump. 

O extremista do Partido Republicano, que incitou os apoiadores contra o resultado das eleições nas quais ele foi derrotado, também prometeu supervisionar uma transição "ordeira" e "contínua" para o governo de Joe Biden.

Assista:

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247