Bolsonaro, que se calou sobre atentado ao Porta dos Fundos, se solidariza com Havan após incêndio

"Ao empreendedor Luciano Hang, a nossa solidariedade", postou Jair Bolsonaro no Facebook, vestindo uma camisa do Cascaval, time paranaense patrocinado pela Havan. Homenagem é feita um dia após um incêndio destruir uma estátua em frente à loja da Havan em São Carlos (SP)

Bolsonaro presta homenagem à Havan após incêndio
Bolsonaro presta homenagem à Havan após incêndio (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Sem dizer uma palavra sobre o ataque terrorista cometido contra a produtora do grupo de humor Porta dos Fundos, Jair Bolsonaro prestou solidariedade ao empresário Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, nesta quarta-feira 1. O suspeito de realizar o ataque ao Porta dos Fundos é filiado ao PSL, partido que elegeu Bolsonaro à presidência.

"Ao empreendedor Luciano Hang, a nossa solidariedade", postou Bolsonaro em sua página no Facebook, vestindo uma camisa do Cascaval, time paranaense patrocinado pela empresa.

A homenagem foi feita um dia após um incêndio destruir uma estátua em frente à unidade da Havan em São Carlos, interior paulista. Luciano Hang se disse vítima de terrorismo e afirmou que "esse pessoal do Lula livre não quer que as pessoas falem a verdade", em referência ao processo movido pelo ex-presidente por conta das faixas ofensivas patrocinadas pelo empresário.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247