Em discurso na Câmara dos Deputados do México, Lula acena para paridade de gênero: "é um sonho"

A Câmara dos Deputados do México tem uma maioria de mulheres entre seus membros. "É uma revolução que vamos ter que fazer", afirmou o ex-presidente

www.brasil247.com - Lula
Lula (Foto: Reprodução)


247 - O ex-presidente Lula (PT) discursou nesta quinta-feira (3) na Câmara dos Deputados do México, um dia após se encontrar com o presidente do país, Andrés Manuel López Obrador (AMLO). Em sua fala, Lula acenou para a paridade de gênero no Congresso e no governo brasileiro. "É uma revolução que vamos ter que fazer", disse 

O ex-presidente disse ser um "sonho" do PT conseguir ter no Congresso Nacional do Brasil uma maioria de deputadas e senadoras. Lula lembrou da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), primeira mulher a ser eleita presidente do Brasil. "Hoje eu aprendo uma lição na Câmara dos Deputados mexicana. É um sonho do PT fazer com que o nosso Congresso Nacional tenha uma maioria de mulheres. Tivemos a sorte de eleger a primeira mulher presidente da República do Brasil, não foi uma tarefa fácil. Antes de ser presidente, ela tinha tido uma militância, tinha sido presa, foi torturada e, quando não imaginava participar mais da vida política do Brasil, virou presidente, e foi vítima de um impeachment da forma mais sórdida". 

>>> Lula na entrevista: será um governo de pacificação, voltado aos pobres; paridade de gênero e raça ainda em disputa

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O petista disse que a paridade de gênero na política "é uma revolução que vamos ter que fazer", mas disse não saber "se ela chegará no nosso tempo". "Fico olhando essa Câmara dos Deputados e fico vendo a quantidade de mulheres, fico imaginando quando é que o PT vai conseguir estabelecer uma forma de organização para que a gente possa convencer a sociedade brasileira de que as mulheres sabem e podem governar igual ou melhor que os homens. As mulheres não podem ser inferiores nem na política, nem no sindicato, nem no mercado de trabalho. Elas têm que não só serem iguais, mas serem respeitadas e ganharem igual ou mais que os homens. É uma revolução que vamos ter que fazer. Não sei se chegará no nosso tempo, mas certamente vamos conseguir. Gostaria de chegar na Câmara dos Deputados do Brasil e ver uma maioria de mulheres nas cadeiras".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email