Janine: Aécio destruiu a imagem do PSDB

Para o ex-ministro da Educação do governo de Dilma Rousseff Renato Janine Ribeiro, o PSDB errou ao contribuir para o golpe que destituiu a presidente legitimamente eleita; na opinião de Janine, Aécio Neves, presidente nacional da sigla, ajudou a enterrar a imagem tucana; "O erro gigantesco do PSDB foi não ter esperado as eleições de 2018 para ganhar bem. Esse foi um erro gigantesco do Aécio. Na hora que foi atrás do Cunha, desses movimentos fascistas da rua, destruiu a imagem do PSDB como partido democrático e deu toda força ao Cunha e depois ao Temer", afirmou; Janine disse ainda que João Doria não representa o PSDB histórico

Janine
Janine (Foto: Giuliana Miranda)

247 - Em uma longa entrevista à Folha de S.Paulo, Renato Janine Ribeiro, ex-ministro da Educação de Dilma Rousseff,  criticou duramente a atuação do PSDB no golpe que destituiu a presidente. 

Janine responsabilizou Aécio neves pela destruição da imagem tucana.

"O erro gigantesco do PSDB foi não ter esperado as eleições de 2018 para ganhar bem. O PSDB entregou o poder para o PMDB e expôs sua imagem de uma maneira terrível. Era preciso não se subordinar ao Eduardo Cunha.

Esse foi um erro gigantesco do Aécio. Na hora que foi atrás do Cunha, desses movimentos fascistas da rua, destruiu a imagem do PSDB como partido democrático e deu toda força ao Cunha e depois ao Temer."

Janine criticou ainda o prefeito de São Paulo, João Doria. 

"O Doria tem muito pouco a ver com o PSDB histórico. Se acabar dono do PSDB e for candidato à Presidência, esse PSDB não tem mais nada a ver. O próprio Fernando Henrique está numa posição mais ou menos secundária.

Do ponto de vista de campanha, tem um ponto comum entre Doria e Bolsonaro que é um grande vazio de propostas, um descompromisso com a verdade e com os partidos existentes. O projeto inicial do PSDB está muito contestado. O PT e o PSDB representaram o que a gente tinha de melhor na política brasileira por muito tempo. Na hora que o PSDB decidiu destruir o governo petista." 

As informações são de reportagem de Ana Luiza Albuquerque na Folha de S.Paulo.

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247