CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Poder

Jean Wyllys diz que Lula não deve mais se candidatar a presidente e defende Tebet em 2026 (vídeo)

O ex-deputado federal, que se filiou ao PT em 2021, definiu o governo Lula como de centro-direita e disse que seu partido deve “sair do protagonismo”

Imagem Thumbnail
Jean Wyllys (Foto: Reprodução/Facebook)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O ex-deputado federal Jean Wyllys, que se filiou ao PT em 2021, defendeu a candidatura de Simone Tebet, do PMDB, a presidente em 2026.

“Eu acho que o Lula não deveria se candidatar em 2026, já deu”, afirmou no programa Futeboteco, que se define como um “hub de conteúdo esportivo” (vídeo abaixo).

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

“Eu acho que a figura dele não tem a figura para conter. É difícil eu dizer isso, até porque eu vou ser xingado. O Lulismo é uma coisa muito doida e o Lulismo às vezes não é muito crítico. Eu acho que Lula pode ser cabo eleitoral”, acrescentou.

O ex-deputado federal, que já foi filiado ao Psol, disse que ele não deve ser cabo eleitoral de Haddad, porque, segundo ele, não tem popularidade.]

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O apresentador do podcast pergunta, então, quem Lula deveria apoiar.

“ Eu acho que era hora do PT sair do protagonismo e vir para a retaguarda, se tornar coadjuvante, apostar no nome de Simone Tebet (ministra do Planejamento) como cabeça de chapa”.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Simone Tebet disputou a última eleição pelo PMDB e teve 4,9 milhões de votos (4,16% do total), e declarou apoio a Lula no segundo turno.

Para Jean Wyllys, o governo Lula é de centro-direita.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO