STF dá 5 dias para Bolsonaro explicar mudança do desfile de 7 de Setembro para Copacabana

Ação foi protocolada no STF pelo senador Randolfe Rodrigues, líder da oposição, que afirma que Bolsonaro quer "associar candidatura ao apoio institucional das Forças Armadas"

www.brasil247.com - Cármen Lúcia e Bolsonaro
Cármen Lúcia e Bolsonaro (Foto: Nelson Jr./SCO/STF | REUTERS/Mike Blake)


247 - A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), estabeleceu um prazo de cinco dias para Jair Bolsonaro (PL) explicar a mudança do desfile cívico-militar de 7 de setembro no Rio de Janeiro para a avenida Atlântica, em Copacabana. A informação é do portal UOL.

A ação no STF foi protocolada pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), líder da oposição. Segundo ele, a intenção de Bolsonaro é "associar sua candidatura ao apoio institucional das Forças Armadas, bem como vender a ideia de que possui amplo apoio popular, divulgando o evento como apoio à sua reeleição."

O evento de aniversário da Independência tradicionalmente ocorre no Centro da cidade. No entanto, no último sábado (30), durante a convenção estadual do Podemos em São Paulo, o chefe do Executivo anunciou que alteraria o desfile militar para Copacabana, mesmo local onde convocou seus apoiadores para um ato político-eleitoral.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Randolfe observa, na ação, que o Judiciário precisa intervir para evitar que ocorra uso das Forças Armadas em desacordo com a Constituição. Além disso, o senador avalia que o chefe do Executivo abusa da condição de chefe das Forças Armadas para levar os militares ao mesmo ambiente onde haverá manifestação de seus apoiadores.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email