Flávio Bolsonaro diz que comprou mansão com renda de advocacia sem jamais ter sido advogado

Resposta foi dada à Justiça em ação que questiona como o senador conseguiu um financiamento de R$ 3,1 milhões no Banco de Brasília para a compra da mansão

www.brasil247.com - Flávio Bolsonaro | mansão de R$ 6 milhões em Brasília
Flávio Bolsonaro | mansão de R$ 6 milhões em Brasília (Foto: Pedro França /Agência Senado | Reprodução)


247 - Sem nunca ter atuado como advogado, o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) alegou à Justiça ter comprado sua mansão de R$ 6 milhões pagando parte do financiamento com recursos obtidos como profissional do Direito.

Segundo a Folha de S. Paulo, "não há registros de processos nos quais Flávio atue como advogado no Distrito Federal e no Rio, as duas unidades federativas onde o senador tem inscrição válida na OAB (Ordem dos Advogados do Brasil)". Também não existem processos em andamento em que o senador apareça como advogado.

>>> Vídeo mostra a super mansão comprada por Flavio Bolsonaro com dinheiro de origem suspeita

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em 2021, quando comprou o imóvel, Flávio Bolsonaro alegou ter conseguido o dinheiro como por meio de sua atuação como empresário, sem citar quaisquer ganhos como advogado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A nova justificativa consta na defesa protocolada por ele como resposta a uma ação no TJ-DFT (Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios) movida pela deputada federal Erika Kokay (PT). Ela questiona o fato de o senador ter conseguido, por meio do BRB (Banco de Brasília), um financiamento de R$ 3,1 milhões. O valor foi usado para completar a compra do imóvel, que custa R$ 5,97 milhões. A mansão fica localizada em um bairro nobre de Brasília.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por meio de nota, o senador afirma que "o processo [no TJDFT] foi movido por uma parlamentar petista, não tem qualquer fundamento e serve apenas como uma tentativa de autopromoção em véspera eleitoral". Além disso, alega, "o banco que concedeu o financiamento [BRB], assim como todas as instituições financeiras no Brasil, segue um rigoroso 'compliance' e está sujeito a regras regulatórias e de fiscalização que impedem qualquer irregularidade".

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email