Brasília

Ministro Paulo Pimenta vai à CCJ da Câmara para explicar inquérito que apura disseminação de fake news sobre o RS

Convite para que o ministro comparecesse à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara foi feito pelo deputado bolsonarista Paulo Bilynskyj

(Foto: Reprodução-TV Record)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O ministro da Secretaria Extraordinária de Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul, Paulo Pimenta, irá à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, nesta terça-feira (11), para prestar esclarecimentos sobre o pedido de investigação de perfis que supostamente divulgaram desinformação e fake news relacionadas à recente tragédia ambiental no estado gaúcho, informa a CNN Brasil.

O pedido para a investigação foi realizado pelo Ministério da Justiça e, como resultado, a Polícia Federal abriu um inquérito no início de maio para apurar a disseminação de informações falsas. O requerimento de convite a Pimenta foi apresentado pelo deputado federal bolsonarista Paulo Bilynskyj (PL-SP) sob a alegação de que a “expressão de pensamento não seja objeto de punição”. Ele também qualificou a abertura do inquérito como “abuso de autoridade”.

No início de maio, também houve uma tentativa por parte dos deputados da CCJ de convocar o ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, para explicar o pedido de investigações. Contudo, o item foi retirado de pauta após um acordo entre os parlamentares. Em vez disso, foi decidido que os deputados participariam de uma reunião presencial com o ministro. 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO