Perguntado sobre Genivaldo de Jesus, Bolsonaro exalta PRF e diz que espera "justiça sem exageros"

Bolsonaro ainda atacou a mídia, que, para ele, defende a "bandidagem". Genivaldo não foi abordado por ser criminoso, e sim por uma infração de trânsito já praticada por Bolsonaro

www.brasil247.com - Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: REUTERS/Adriano Machado | Reprodução/Twitter)


247 - Em Pernambuco nesta segunda-feira (30) para detalhar as ações de ajuda ao estado por conta das fortes chuvas que já mataram 87 pessoas, Jair Bolsonaro (PL), durante coletiva de imprensa, foi questionado sobre a execução de Genivaldo de Jesus por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Sergipe.

O chefe do governo federal inciou sua resposta ignorando a morte de Genivaldo e lembrando de um outro caso "ocorrido há duas semanas, aproximadamente, com dois policiais rodoviários federais que, ao tentarem tirar um elemento da pista, ele conseguiu sacar a arma de um deles e executou dois".

Durante toda sua fala, ele se referiu ao caso de Genivaldo, torturado pelos policiais e morto em uma câmara de gás improvisada, de maneira genérica, se limitando a dizer que "lamenta" a morte do homem, que era paciente psiquiátrico, e que espera justiça, mas "sem exageros". Ele ainda exaltou a PRF. "Vai ser seguida a lei. A gente lamenta o ocorrido nos dois fatos e vamos, de acordo com o órgão competente, o Ministério Público, a Polícia Federal. Não podemos generalizar tudo que acontece no nosso Brasil. A PRF faz um trabalho excepcional para todos nós. Nos momentos difíceis são os primeiros a chegar. Vamos respeitar a dor de todo mundo, a Justiça vai decidir esse caso e com toda certeza será feita justiça, todos nós queremos isso aí, sem exageros e sem pressão por parte da mídia, que sempre tem lado, o lado da bandidagem. Lamentavelmente, grande parte de vocês sempre toma as dores do outro lado".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Genivaldo de Jesus não foi abordador pela PRF por ter cometido crime, e sim por causa de uma infração trânsito, a mesma praticada por Bolsonaro repetidas vezes: pilotar moto sem capacete.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email