Investigada, Zambelli pede "impeachment" de responsável por operação contra fake news

Alvo de uma operação da PF contra fake news após autorização do ministro do STF Alexandre de Moraes, a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) afirmou que "está na hora" de o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, "cumprir seu dever constitucional e analisar com carinho os pedidos de impeachment contra o responsável por esse absurdo"

(Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) criticou a operação da Polícia Federal contra um esquema criminoso de fake news e pediu o "impeachment" do responsável pela ação, que teve a parlamentar como um dos alvos. 

"Estamos vivendo um estado de exceção, ironicamente sob os aplausos dos que acusam o presidente Jair Bolsonaro de querê-lo. Está na hora do sr. Davi Alcolumbre cumprir seu dever constitucional e analisar com carinho os pedidos de impeachment contra o responsável por esse absurdo", escreveu a parlamentar no Twitter. 

Dentre os alvos da operação estão os empresários bolsonaristas Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan e Edgard Corona, fundador da Smart Fit, além de políticos, como o ex-deputado federal Roberto Jefferson, e o blogueiro Allan dos Santos, do site Terça-Livre. 

O blogueiro afirmou que o ministro do Supremo Tribunal Federal age como "nazistas" e "comunistas"

Além de Carta Zambelli, outros sete deputados bolsonaristas são alvos de investigações. 

O vice-presidente do STF, ministro Luiz Fux, disse que a Corte "mantém-se vigilante contra qualquer forma de agressão à instituição".

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247