CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Sudeste

Lindbergh: 'doação de US$ 100 mil dos EUA ao Rio Grande do Sul é uma vergonha'

De acordo com o parlamentar, "investe-se muito em armas, guerras e morte, mas muito pouco em vida"

Lindbergh Farias (Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O deputado federal Lindbergh Farias (PT-RJ) demonstrou neste sábado (11) repúdio à doação de apenas US$ 100 mil anunciada pelos Estados Unidos para ajudar as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul, onde, segundo autoridades locais,2,1 milhões de pessoas estão fora de suas casas por causa das enchentes desde o último dia 29. De acordo com o parlamentar, "investe-se muito em armas, guerras e morte, mas muito pouco em vida".

"Uma vergonha essa doação miserável dos EUA para o RS. Apenas US$ 100 mil. Washington acabou de aprovar 'ajudas' de US$ 98 bilhões para financiar guerras e violência. Só para a guerra na Ucrânia foram 61 bilhões. Para as ações de Israel em Gaza foram quase US$ 14 bilhões", afirmou.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"Em 2023, o mundo gastou US$ 2,45 trilhões em armas, guerras e gastos militares em geral. Já aquelas doações de cerca de US$ 100 bilhões por ano para se combater as mudanças climáticas, o sul Global só viu uma pequena fração Ironicamente, o custo global dos danos causados pelas alterações climáticas, como é o caso da tragédia do RS, é estimado entre 1,7 trilhão e 3,1 trilhões de dólares por ano até 2050. Total inversão de valores", acrescentou.

Segundo o petista, "não é só o Brasil que recebe pouca ajuda dos EUA e do Norte Global". "Quase 300 milhões de pessoas em todo o mundo precisarão de ajuda humanitária em 2024, de acordo com as Nações Unidas, depois de um déficit recorde nas doações no ano passado, os trabalhadores humanitários estão preparando-se para a continuação de uma grave crise de financiamento". "Apenas um pouco mais de um terço dos 57 bilhões de dólares necessários para fornecer ajuda foi financiado no ano passado, afirmou o Gabinete das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários (UNOCHA), na sua avaliação anual das necessidades humanitárias globais".

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO