MP entra com ação contra Silas Malafaia para impedir cultos no Rio

Empresário já desafiou autoridades a fecharem suas igrejas e se comparou a médico, dizendo, de forma absolutamente irresponsável, que protegerá seus fiéis, contrariando as orientações médicas

Silas Malafaia
Silas Malafaia (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Depois de desautorizar publicamente autoridades de saúde ao se recusar a fechar suas igrejas, o empresário Silas Malafaia virou alvo de uma ação cível pública ingressada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro nesta quinta-feira 19, informa o jornalista Ancelmo Gois, do Globo. Também é alvo da ação a Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC). 

“O pedido imediato é para que ambos não realizem cultos em todas as sedes da ADVEC no estado do Rio enquanto perdurarem as medidas restritivas à formação de aglomeração de pessoas. Sugere ainda multa diária de R$ 10 mil em caso do descumprimento da medida. A ação é liderada pela 7ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa da Cidadania da Capital”, noticia o colunista.

A ação é apresentada pouco depois de Malafaia desafiar autoridades a fecharem suas igrejas e ainda a se comparar a um médico, ao afirmar que protegerá seus fiéis do coronavírus. Em um culto, Malafaia incentivou os cerca de 350 fiéis a continuarem a frequentar a igreja, “lugar de maior proteção”, segundo ele. “Não vou entrar nessa paranoia”, afirmou ainda, minimizando os riscos da pandemia.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email