Sudeste

Sob protestos, Câmara de SP aprova o projeto da privatizaçao da Sabesp

Manifestantes e policiais entraram em confronto no Legislativo. Pesquisa Quaest mostrou que a maioria da população da capital é contra a medida defendida por vereadores

Imagem Thumbnail
Tarcísio de Freitas, manifestando sendo atacado por policiais na Câmara, protesto no Legislativo e a Sabesp (Foto: Reprodução I Divulgação)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Vereadores da cidade de São Paulo aprovaram, por 36 votos a 18, a privatização da Sabesp - Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo. Parlamentares e internautas massacram o governador Tarcísio de Freitas (Republicanos)

De acordo com a vereadora Luna (PT), "a base do prefeito Ricardo Nunes (MDB) está querendo passar por cima de tudo e de todos para aprovar esse projeto o mais rápido possível".

"Eles estão morrendo de medo, porque sabem que a maioria da população é contra a privatização da Sabesp! Ninguém quer uma outra Enel prejudicando o dia a dia da população! Iremos resistir contra esse crime que Ricardo Nunes e Tarcísio querem cometer! A água é nossa!", escreveu a parlamentar em uma de suas redes sociais.

O perfil do PSOL criticou "o método de Ricardo Nunes e Tarcísio de Freitas contra manifestantes em plena audiência pública sobre a privatização da Sabesp". "Querem vender a água a qualquer custo. Não esqueçam: a maioria dos paulistas é contra a privatização!".

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO