Deputado do PSL denuncia "várias ameaças" para votar a favor do voto impresso

Nereu Crispim anunciou com antencedência que se colocará contra a proposta. A votação ocorre na terça-feira, quando um comboio militar desfilará por Brasília para tentar intimidar deputados

www.brasil247.com - Nereu Crispim
Nereu Crispim (Foto: Vinicius Loures/Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News

247- O deputado federal Nereu Crispim (PSL-RS), do partido que elegeu Jair Bolsonaro em 2018 e ainda abriga diversos apoiadores do chefe do governo federal, denunciou pelo Twitter nesta segunda-feira (9) ter recebido "várias ameaças" para votar a favor da PEC do voto impresso.

A Câmara dos Deputados em plenário, vota nesta terça-feira (10) a proposta de autoria da deputada Bia Kicis (PSL-DF). A data marca ainda um desfile de um comboio militar pela Esplanada dos Ministérios, em uma clara tentativa de Bolsonaro de intimidar os deputados que votarão contra o projeto.

Diante das supostas ameaças, Crispim anunciou que votará contra a PEC. "Depois de receber várias ameaças querendo me impor a votar a favor do voto impresso, acabei de tomar uma decisão! Voto contra! Essa proposta está contaminada de autoritarismo, tirania e ódio! Se zelassem pela democracia, até poderia avaliar! Brasil acima de todos!".

PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email