CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Sul

"Está na hora de Leite estar à altura do cargo que ocupa", diz Miguel Rossetto

Para o parlamentar, "passou da hora" do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, "retirar o colete da defesa civil ou honrá-lo com ações concretas"

Imagem Thumbnail
Eduardo Leite | Eldorado do Sul. RS | Miguel Rossetto (Foto: LAURO ALVES/SECOM | Gustavo Mansur/ Palácio Piratini | Elza Fiúza/Agência Brasil)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O deputado estadual do Rio Grande do Sul Miguel Rossetto (PT), ex-vice-governador do estado, usou as redes sociais para afirmar que “passou da hora” do governador Eduardo Leite (PSDB) “retirar o colete da defesa civil ou honrá-lo com ações concretas”. “Um governador deve ser muito mais do que um comentarista do que os outros fazem. Está na hora de Leite estar à altura do cargo que ocupa”, escreveu o parlamentar no X, antigo Twitter.

Na postagem, Rossetto destaca que apesar da mobilização registrada em todo o Brasil para ajudar as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul, “há uma grande ausência neste imenso esforço de união e reconstrução: o governador Eduardo Leite”. "No dia 1º de maio, mês da tragédia, Leite aumentou os impostos sobre os alimentos mais básicos. Passados todos esses dias do sofrimento do povo, não cogitou sequer revogar seus decretos, ampliando de forma imoral as dificuldades de quem já não tem nada”, acrescentou.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Ainda segundo ele, “depois das enchentes do ano passado, Leite enviou um orçamento de 50 mil reais para equipar a defesa civil. Um orçamento insultante. Após previsões antecipadas e claras dos institutos de meteorologia e hidrologia, foi de novo 'pego de surpresa' pelas enchentes e não tinha qualquer plano ou equipamento para fazer frente a elas. Até mesmo com as doações populares Leite foi incapaz de lidar com um simples PIX. Privatizou a gestão e até hoje os gaúchos não receberam um centavo do que eles mesmos doaram para a emergência”.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO