CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Sul

Gleisi celebra reativação de fábrica de fertilizantes no Paraná fechada por Bolsonaro: "fizemos o L pra isso"

"A Petrobras voltará a produzir insumos fundamentais para a nossa agricultura e para a produção de alimentos", destacou a deputada federal em publicação nas redes sociais

Imagem Thumbnail
Gleisi Hoffmann (Foto: Billy Boss/Câmara dos Deputados)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - A deputada federal Gleisi Hoffmann (PT-PR) comemorou a decisão da Petrobras de reativar a fábrica de fertilizantes Araucária Nitrogenados (Ansa), situada em Araucária, no Paraná. A unidade, que havia sido fechada em 2020 durante a gestão de Jair Bolsonaro (PL), é vista como fundamental para a independência e sustentabilidade da produção agrícola brasileira. A reativação faz parte das ações prometidas na campanha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e representa um movimento estratégico para fortalecer o setor de insumos agrícolas do país.

Em um post nas redes sociais, Hoffmann ressaltou o impacto da decisão: “Fertilizantes produzidos no Brasil! Com a reativação da FAFEN de Araucária no Paraná, a Petrobrás voltará a produzir insumos fundamentais para a nossa agricultura, para a produção de alimentos. A fábrica foi fechada pelo governo de Jair Bolsonaro e ficou anos desativada. Lutamos contra isso e conseguimos vencer! Agora, com Lula, teremos ela reaberta, gerando empregos, renda e desenvolvendo o Paraná e o Brasil. Fizemos o L pra isso!”

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A planta de Araucária possui capacidade de produção anual de 720 mil toneladas de ureia e 475 mil toneladas de amônia, além de 450 mil m³ de Agente Redutor Líquido Automotivo (ARLA 32). A reativação visa não apenas a recuperação da capacidade produtiva local mas também o fortalecimento da Petrobras como um player importante no mercado de fertilizantes.

A decisão da diretoria da Petrobras inclui a negociação com ex-empregados e o início dos trâmites para a contratação de serviços de manutenção e materiais críticos, com um foco particular na otimização do escopo da parada programada e avaliação da integridade dos equipamentos. Tais medidas são cruciais para garantir que a retomada da fábrica ocorra de forma segura e eficaz.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Além disso, a diretoria de processos industriais da estatal já iniciou estudos para reativar a unidade de produção de ARLA 32 e o trading de fertilizantes nitrogenados, uma estratégia que visa posicionar a Petrobras de volta ao centro das atenções do mercado antes mesmo do início da produção.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO