Sul

"Importante anúncio", diz Lula sobre ajuda de R$ 5,7 bi do Banco dos BRICS ao RS, liberada por Dilma

Recursos do Novo Banco de Desenvolvimento, conhecido como Banco dos BRICS, serão destinados à reconstrução e recuperação da infraestrutura do estado do Rio Grande do Sul

Dilma Rousseff | Lula sobrevoando enchente no Rio Grande do Sul (Foto: Reprodução/X | Ricardo Stuckert / PR)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) usou as redes sociais para repercutir o anúncio feito por Dilma Rousseff, presidente do Novo Banco de Desenvolvimento (NBD), conhecido como Banco dos BRICS, sobre a liberação de recursos que somam US$  1,115 bilhão, equivalente a R$ 5,750 bilhões, destinados à reconstrução e recuperação da infraestrutura do estado do Rio Grande do Sul, duramente afetado pelas chuvas que assolam a região. “Importante anúncio para o Rio Grande do Sul da presidenta do Banco do Brics, Dilma Rousseff”, postou Lula no X, antigo Twitter.  A postagem traz o vídeo em que Dilma anuncia a disponibilização dos recursos.

Ao anunciar o auxílio financeiro, Dilma disse que o NBD vai destinar recursos sem burocracias para o Rio Grande do Sul por ação direta e ainda por meio de parceria com outras instituições financeiras brasileiras, como o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o Banco do Brasil e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).

Ainda segundo ela, do total de R$ 5,570 bilhões, pouco menos da metade dos recursos, cerca de US$ 500 milhões do Banco dos BRICS, serão transferidos por meio do BNDES, sendo US$ 250 milhões para pequenas e médias empresas e outros US$ 250 milhões para obras de proteção ambiental, infraestrutura, água e tratamento de esgoto, e prevenção de desastres. O NDB tem US$ 200 milhões disponíveis para aplicação direta, podendo contemplar obras de infraestrutura, vias urbanas, pontes e estradas.

Em parceria com o Banco do Brasil, o NDB vai destinar US$ 100 milhões para infraestrutura agrícola, em projetos de armazenagem e infraestrutura logística. Já com o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), serão liberados imediatamente US$ 20 milhões para projetos de desenvolvimento e mobilidade urbana e recursos hídricos. Outros US$ 295 milhões previstos no contrato BRDE, em processo de aprovação final, vão para obras de desenvolvimento urbano e rural, saneamento básico e infraestrutura social. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

 

 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO