CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Saúde

Ministério da Saúde amplia vacinação contra dengue para evitar perder imunizantes

Vacinação terá faixa-etária estendida de forma temporária. Poderão se vacinar crianças e adolescentes, entre 6 e 16 anos

(Foto: Fábio Rodrigues-Pozzebom/Ag. Brasil)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Em meio à maior epidemia de dengue já registrada no Brasil, a Ministra da Saúde, Nísia Trindade, anunciou nesta quinta-feira (18) mais uma medida para conter o avanço da doença. Com o risco iminente de vencimento das vacinas contra a dengue em diversos municípios até 30 de abril, a ministra declarou a ampliação da faixa etária para a imunização, priorizando crianças e adolescentes entre 6 e 16 anos.

"Estamos ampliando, de forma temporária, a faixa etária para as vacinas da dengue que vencem no dia 30 de abril nos municípios que estejam com risco de perdê-las. Em um primeiro momento, orientamos que elas sejam estendidas às crianças e jovens de 6 a 16 anos", afirmou Nísia Trindade em seu perfil nas redes sociais. "Em último caso, elas podem ser ampliadas para todas as pessoas para as quais a Anvisa aprovou a vacina: na faixa etária entre 4 e menos de 60 anos. A segunda dose estará garantida para todos que se vacinarem", acrescentou.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A decisão ocorre em meio a um cenário alarmante. Segundo dados do Painel de Arboviroses do Ministério da Saúde, nas 11 primeiras semanas de 2024, o Brasil já contabilizava mais de 2 milhões de casos prováveis de dengue, resultando em 682 mortes confirmadas e mais de mil casos em investigação, relata o UOL.

O coeficiente de incidência da doença em 2024 é de 990,3 a cada 100 mil habitantes, um número significativamente acima do limiar estabelecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para definir uma situação de epidemia, que é de 300 casos a cada 100 mil habitantes.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Esta medida emergencial surge em um momento em que o país já havia ultrapassado, no mês anterior, o recorde histórico de casos de dengue registrados, alcançando 1.899.206 casos prováveis da doença. Em comparação, o recorde anterior datava de 2015, quando foram registrados 1.688.688 casos.

Apesar da gravidade da situação, a adesão à vacinação ainda é um desafio. Apenas 30,8% das doses distribuídas foram aplicadas até o momento, de acordo com dados do Ministério da Saúde. Desde o início da vacinação, em 9 de fevereiro, até a semana passada, apenas 381.029 doses foram aplicadas de um total de 1.235.236 distribuídas.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO