Wanderley Guilherme dos Santos

São Paulo 18 01 2018 O ex presidente Lula participa de Ato com artistas e intelectuais em São Paulo Foto: Ricardo Stuckert
Wanderley Guilherme dos SantosOpiniões de um pequeno burguês

Lula não será candidato. Apesar da cristalina excepcionalidade de interpretações da lei e evidentes arranhões em sua aplicação discricionária, só há fraude eleitoral quando o eleitor é coagido, as urnas violadas ou o resultado adulterado

O eleitorado está entregue a máfias competitivas, despachantes dos serviços de cuja responsabilidade o Poder Executivo se evade. Repete-se, nas relações entre Executivos e Legislativos, o mesmo "patrimonialismo" do comércio candidato-eleitor. Aí está Michel Temer e os 266 votos que afiançaram seu caráter e comportamento virginal
Wanderley Guilherme dos SantosReforma política nunca mais

O eleitorado está entregue a máfias competitivas, despachantes dos serviços de cuja responsabilidade o Poder Executivo se evade. Repete-se, nas relações entre Executivos e Legislativos, o mesmo "patrimonialismo" do comércio candidato-eleitor. Aí está Michel Temer e os 266 votos que afiançaram seu caráter e comportamento virginal

Michel Temer 
Wanderley Guilherme dos SantosCandidatos, tremei!

À esquerda, o problema não é agônico, mas exigente. Se não prometer a convocação de plebiscito autorizando o governo a revisar a legislação antisocial, eliminar a insanidade econômica e reparar as brechas abertas na aba militar da soberania nacional, se não for para isso, pode esquecer

Wanderley Guilherme dos SantosNenhum país...

O tempo presente descobriu que a democracia, ela mesma, patrocinou a manifestação em escala sem precedente de bilhões de egos facinorosos, em conflito ilimitado. Não existe nobreza em nenhum lugar social. O projeto democrático é excessivo para o potencial da espécie

Renan Moro Gilmar Mendes 1/12/2016
Wanderley Guilherme dos SantosA anomia anuncia a tirana: rima sem solução

O Executivo desconfia do Judiciário, que despreza o Legislativo, que ignora o povo, que detesta o Executivo. Em condições normais, esse tipo de rondó institucional não é raro, de duração temporal limitada, sem provocar danos importantes à comunidade. Com o ato falho constitucional do impedimento da presidente Dilma Rousseff, contudo, o rondó nacional mergulhou a ordem jurídica e política na clandestinidade, não obstante a aparente normalidade das rotinas operacionais. Todos os figurantes continuam em serviço, mas o que antes era exercício de funções converteu-se em artifício de representação

Wanderley Guilherme dos Santos avatar

Wanderley Guilherme dos Santos

Cientista político, autor de vários livros na área. Seus artigos são publicados originalmente no blog Segunda Opinião

46 artigos

Ao vivo na TV 247

Cortes 247

Charges