É evidente! Imprensa golpista estimula candidatos de esquerda contra o PT

A imprensa estimula candidatos da esquerda contra o PT, mirando esvaziar a luta em torno da candidatura de Lula

Candidato à prefeitura Jilmar Tatto (PT)
Candidato à prefeitura Jilmar Tatto (PT) (Foto: Filipe Araújo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Juca Simonard

É evidente que a imprensa golpista estimula candidatos de esquerda para acabar com o PT nas eleições. O artigo sem fundamento do jornal O Globo falando que Lula e outras lideranças petistas estão pressionando Jilmar Tatto a abrir mão de sua candidatura para apoiar Guilherme Boulos comprova isso.

Não foi jornalismo. Foi, como tudo que o Globo faz, uma propaganda direitista e em defesa do golpe. A “informação” foi desmentida pela presidente do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann, que participou da reunião citada, e pelo próprio Tatto. Também, a campanha que Lula tem feito nas redes sociais, chamando o povo a votar no PT, revela a fraude da matéria do jornal.

PUBLICIDADE

É um problema simples: para os golpistas, o importante é desmoralizar o PT para levar adiante a política golpista da frente ampla e fazer a esquerda abandonar Lula, única candidatura que polariza e, portanto, mobiliza contra os golpistas.

Em São Paulo, a imprensa fala bem de Guilherme Boulos (PSOL) para os petistas abandonarem Tatto. No Rio de Janeiro, a campanha é em torno de Martha Rocha (uma policial direitista) para que os petistas abandonem Benedita da Silva. 

PUBLICIDADE

Com isso, os setores mais atrasados da esquerda tentam levar todo um setor combativo, militante, a votar em candidatos bem vistos pela burguesia para supostamente barrar o bolsonarismo. A base do argumento destes setores são as pesquisas tendenciosas de jornais golpistas - DataFolha, Ibope, Paraná Pesquisas, etc.

A imprensa golpista cumpre um papel importante na política de enganar a população. O Globo se tornou porta-voz da frente ampla para acabar com o PT. A notícia sobre o suposto abandono de Tatto não foi a primeira e nem será a última mentira contada pelo jornal.

Semanas atrás, O Globo publicou uma matéria sobre um encontro em setembro (três meses atrás) entre Lula e Ciro Gomes. O jornal não buscou explicar o que foi discutido, apenas afirmou que isso demonstraria um “realinhamento” entre o petista e o coronel do Ceará. O Partido da Imprensa Golpista (PIG) aproveitou, ainda, para fazer campanha em defesa de uma chapa presidencial em 2022 com Ciro na cabeça.

PUBLICIDADE

A “aliança” foi denunciada, na ocasião por Gleisi e pela candidata do PT à Prefeitura de Fortaleza, Luizianne Lins, que alertou sobre a manobra d’O Globo para fazer a esquerda votar no candidato de Ciro, José Sarto (PDT). No mesmo período, saiu pesquisa onde Sarto ultrapassa Luizianne e ia ao segundo turno.

A fraude foi revelada pelo próprio Ciro Gomes, que falou esta semana em acabar com o “lulopetismo corrompido”.

Está muito claro: a imprensa estimula candidatos da esquerda contra o PT, mirando esvaziar a luta em torno da candidatura de Lula.

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE

Apoie o 247

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email