Até Villas Bôas, que pressionou STF para não soltar Lula, debocha de reação tardia de Fachin

Assim como internautas e o jornalista Reinaldo Azevedo, o general Villas Bôas também debochou da reação tardia do ministro Edson Fachin, do STF. "Três anos depois", escreveu o militar no Twitter

(Foto: Reprodução | ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Assim como internautas e o jornalista Reinaldo Azevedo, o general Villas Bôas também debochou da reação tardia do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), em relação à sua publicação ameaçadora que pressionava a Corte a não soltar o ex-presidente Lula.

Nesta terça-feira, 16, o general comentou a publicação no Twitter de uma matéria sobre a reação de Fachin. Ele escreveu em resposta: “três anos depois”.

Na segunda-feira, 15, Reinaldo Azevedo provocou o ministro do STF ao afirmar que sua reação a tuíte ameaçador do general Villas Bôas ocorreu “com três anos de atraso”. Nesta terça, 16, ele voltou a provocar o general. “Fachin deve emitir uma nota a favor da suspeição de Moro daqui a dez anos”, afirmou no Twitter.

Em abril de 2018, o STF julgaria um habeas corpus de Lula. O relator era Fachin. Antes do julgamento, Villas Boas publicou duas notas em rede social em que falava que o Exército compartilhava o "repúdio à impunidade".

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email