CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

Governo deve tentar barrar PEC que turbina salário de juízes e promotores

A PEC tem impacto previsto de até R$ 42 bilhões por ano

Imagem Thumbnail
Senado (Foto: Marcos Oliveira - Ag. Senado)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – A nova Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que institui um adicional salarial por tempo de serviço para juízes e membros do Ministério Público, aumentando em 5% os vencimentos a cada cinco anos de atuação, gerou preocupação no governo.

Segundo informações do jornal O Globo, estudos realizados pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), indicam que o impacto no orçamento público pode se tornar uma bomba fiscal, chegando a R$ 42 bilhões por ano.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O líder do governo no Congresso, Randolfe Rodrigues (sem partido-AP), afirmou que o ministro Fernando Haddad, da Fazenda, deve procurar Pacheco para discutir o assunto assim que retornar dos Estados Unidos, onde cumpre agendas do G20. “Não me parece adequado o Congresso sinalizar uma matéria para o topo da carreira do funcionalismo público enquanto não há proposta para os servidores”, disse Randolfe.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO