HOME > Brasil

Lula e Silveira anunciam R$ 482 milhões para o Luz Para Todos no Maranhão

Programa vai beneficiar cerca de 10 mil unidades consumidoras no estado

Cerimônia de anúncios de investimentos do governo federal no Maranhão (Foto: Ricardo Stuckert/PR)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, participou nesta sexta-feira (21), em São Luis, no Maranhão, ao lado do presidente Lula, do anúncio da expansão do Programa Luz Para Todos para quase 10 mil unidades consumidoras no estado, com investimento de R$ 482 milhões. Ainda durante o evento, também foi anunciada a construção do polo receptor de energias renováveis de Graça Aranha, que prevê R$ 9 bilhões em investimentos.

Silveira ressaltou a importância do Luz Para Todos (LPT) para o combate à pobreza energética. De 2004 até 2024, o programa já atendeu a 3,4 milhões de famílias em todo o Brasil. No Maranhão, 375 mil unidades consumidoras foram atendidas, beneficiando cerca de 1,7 milhão de pessoas.

"Repito, com orgulho absoluto, o Luz Para Todos é o maior programa de combate à pobreza energética do mundo, criado ainda no primeiro governo do presidente Lula. Hoje, damos mais um grande passo, atendendo a mais 10 mil famílias maranhenses. Estamos trazendo luz, luz para todos. 40 mil maranhenses vão sair do escuro. É mais energia, emprego e renda no Maranhão", afirmou o ministro.

O termo de compromisso para a expansão do LPT assinado nesta sexta-feira irá atender famílias em 99% dos municípios maranhenses, promovendo a inclusão social e a melhoria na qualidade de vida da população.

Polo de energias renováveis - Ainda durante a cerimônia, foi anunciada a construção do polo receptor de energias renováveis Graça Aranha, que irá aumentar a capacidade da interligação energética entre as regiões Nordeste e Centro-Oeste do país. A obra irá passar por Maranhão, Tocantins e Goiás.

Somente no Maranhão serão investidos R$ 9 bilhões na construção de 602 km de linhas de transmissão, atravessando 14 municípios. A construção deve gerar 3 mil empregos diretos e 9 mil indiretos.

"Em março deste ano, assinamos o contrato da maior obra em andamento do país. É o polo de energias renováveis Graça Aranha que vai receber energia limpa e renovável, aqui, no Maranhão, e levar energia para os demais estados do país, chegando lá em Goiás. É um polo de desenvolvimento, de geração de emprego e renda", disse o ministro.

A obra é fruto dos maiores leilões de linhas de transmissão da história do país que, entre 2023 e 2024, contratou cerca de R$ 60 bilhões em obras.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados