Brasil

TSE começa a julgar nesta quinta-feira recurso que poder cassar Sergio Moro

Ministros vão julgar recursos contra a decisão do TRE-PR, que absolveu ex-juiz suspeito

Imagem Thumbnail
Sergio Moro (Foto: Roque de Sá/Agência Senado)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começa a analisar nesta quinta-feira (16) os recursos contra a decisão que absolveu Sergio Moro (União-PR) no TRE do Paraná, local que é berço político do ex-juiz suspeito. 

Esses processos podem levar à inelegibilidade por oito anos de Moro. Ou seja, ele perderia sua vaga no Senado.

A Corte Eleitoral vai avaliar recursos apresentados pelo PL e pela Federação Brasil da Esperança (que reúne PT, PCdoB e PV) contra a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), que rejeitou as acusações de abuso de poder econômico, caixa dois e uso indevido dos meios de comunicação.

Saiba mais- Membros da 13ª Vara Federal de Curitiba, local responsável por processos remanescentes da Operação Lava Jato, não estão cooperando com delegados da Polícia Federal que atuam no gabinete do ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), para as investigações sobre o ex-juiz suspeito Sergio Moro, informa a coluna Radar, da revista Veja.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Os delegados tentam apurar as denúncias apresentadas pelo empresário Tony Garcia e pelo doleiro Alberto Youssef contra Moro, referentes ao período em que ele estava no comando da Lava Jato. No entanto, de acordo com a coluna Radar, "nem todo mundo tem cooperado com a equipe" de Toffoli.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO