CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Entrevistas

“Reconstrução do RS deve ser comandada pelo governo Lula, e não por Eduardo Leite", diz Altman

Breno Altman analisa desafios e aponta caminhos para reconstrução pós-enchentes no RS

(Foto: ABR)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Em meio à tragédia que assola o Rio Grande do Sul, o jornalista Breno Altman concedeu uma entrevista ao programa Bom Dia 247, onde destacou a importância do governo federal na reconstrução do estado. Altman ressaltou que o governo federal demonstrou um desempenho superior em relação ao governo estadual no socorro às vítimas.

"O governo federal tem revelado um desempenho superior ao governo estadual nessa etapa de socorro das vítimas no Rio Grande do Sul", afirmou Altman.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O jornalista levantou questionamentos sobre o modelo de reconstrução a ser adotado, especialmente no que diz respeito aos custos para os cidadãos afetados pelas enchentes. Ele questionou: "Ainda não está claro qual é o modelo de reconstrução que vai ser feito no Rio Grande do Sul. As pessoas vão ter que pagar pelas suas casas?"

Altman também destacou a necessidade de um plano abrangente para reconstruir a infraestrutura danificada pelas enchentes. Ele indagou: "Temos o problema da infraestrutura que está muito afetada, pontes, viadutos, estradas. Qual o modelo para reconstrução disso tudo?"

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Para enfrentar os desafios da reconstrução, Altman considerou interessante um modelo que estabeleça um fundo específico, fora das regras fiscais, para destinar recursos necessários, que podem ultrapassar os 100 bilhões de reais, segundo especialistas. Ele enfatizou a importância de incluir medidas de prevenção, evitando reconstruir apenas replicando as condições prévias.

"O modelo que cria uma situação de emergência para o Rio Grande do Sul, com um fundo totalmente fora das regras fiscais para reconstrução é interessante, pois os recursos que muitos especialistas calculam serem necessários para etapa de reconstrução são enormes, o que inclui prevenção para novas enchentes. Há especialistas que calculam que esses valores podem chegar a mais de 100 bilhões de reais", explicou Altman.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O jornalista também alertou para a urgência na realização das obras de reconstrução, considerando a possibilidade de tragédias ainda mais devastadoras. Ele enfatizou: "Tem já que fazer as obras de reconstrução com a previsão que pode acontecer tragédias muito piores."

Altman defendeu que a reconstrução do Rio Grande do Sul deve ser liderada pelo governo federal, apontando que a legislação brasileira permite fórmulas desse tipo. Ele argumentou: "A reconstrução tem que ficar a cargo do governo federal e não do governo estadual. O governo federal deveria estabelecer programas diretos. A legislação brasileira permite fórmulas desse tipo."

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Diante do cenário, Altman comparou a situação no estado a um "cenário de pós-guerra", ressaltando a magnitude dos danos e a necessidade de uma resposta coordenada e eficaz por parte do governo.

Breno Altman levanta importantes questões sobre os próximos passos na reconstrução do Rio Grande do Sul, colocando em destaque a importância de uma atuação decisiva por parte do governo federal para enfrentar os desafios decorrentes das enchentes e garantir a recuperação do estado e de suas comunidades afetadas.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Assista: 

 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO