Mulher detida por racismo contra filhos de Giovanna e Bruno Gagliasso é liberada

De acordo com a Divisão de Comunicação e Relações Públicas da Polícia de Portugal, a soltura foi após a agressora alegar que sofre de alcoolismo

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução)


247 - A mulher racista que discriminou os filhos dos atores Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso foi solta depois de ser detida, neste sábado (30), por racismo na Costa da Caparica, no litoral de Portugal. 

De acordo com a Divisão de Comunicação e Relações Públicas da Polícia, a soltura foi após a agressora alegar que sofre de alcoolismo.

Segundo o jornal português O Público, ela teria ofendido também os agentes da Guarda Nacional que a prenderam.

A mulher não teve o nome revelado também ofendeu, com palavras racistas, uma família de angolanos que estava no mesmo restaurante que os atores e seus filhos.

Em imagens compartilhadas nas redes sociais, Giovanna aparece reagindo e confrontando a mulher, enquanto Bruno chamava a polícia.

O ex-presidente Lula (PT) manifestou-se em solidariedade à atriz Giovanna Ewbank, ao ator Bruno Gagliasso e a seus filhos Bless e Chissomo, que foram vítimas de racismo por uma mulher em Portugal.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email