CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mídia

Brasil 247 e seus jornalistas abraçam a rede social Bluesky, que irá tomar o espaço do X no Brasil e no mundo

Decisão é uma resposta aos crimes cometidos por Elon Musk contra o Brasil e o 247 estimula os formadores de opinião e internautas a ingressar na nova plataforma

Imagem Thumbnail
Brasil 247 no Blue Sky (Foto: Divulgação)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – O Brasil 247, responsável por um dos sites de notícias mais acessados do País e pela TV 247, um dos maiores canais independentes do Youtube no País, decidiu abraçar a rede social Bluesky, que foi lançada recentemente e tem tudo para substituir o X (antigo Twitter) como um dos principais pólos de debate democrático no Brasil e no mundo. Concebida por Jack Dorsey, fundador do Twitter, posteriormente adquirido por Elon Musk, a rede Bluesky preza pela comunicação não violenta, pelo combate às fake news e pelo respeito aos direitos humanos.

A decisão do Brasil 247 é uma resposta aos crimes cometidos por Elon Musk contra a soberania nacional. Protagonista da extrema-direita internacional, Musk tem liderado uma campanha de fake news no X contra as instituições brasileiras e contra o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Numa ação coordenada com parlamentares de extrema-direita, que participaram da tentativa fracassada de golpe de estado em 8 de janeiro de 2023, Musk mobilizou prepostos para denunciar uma suposta "ditadura" no Brasil. Seu objetivo é usar a bandeira da liberdade de expressão como escudo para seus reais interesses econômicos, que passam pelo acesso a recursos naturais e ao mercado brasileiro de carros elétricos, onde uma de suas empresas, a Tesla, tem-se mostrado incapaz de enfrentar concorrentes chineses.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Responsável editorial pelo Brasil 247, o jornalista Leonardo Attuch (siga aqui no Blue Sky) convidou todos os jornalistas do grupo a ingressarem no Bluesky para fortalecer uma rede social saudável. O Brasil 247 também se compromete e divulgar as contas de formadores de opinião comprometidos com a liberdade, a democracia, a brasilidade e a soberania nacional, para que todos ganhem alcance com maior rapidez. Siga neste link o Brasil 247 no Blue Sky e siga também todos os nossos jornalistas nesta nova rede, que assume compromissos com a comunicação saudável.

Na opinião de Attuch, o X está fadado ao fracasso porque Musk passou claramente a usar a plataforma em prol de seus interesses econômicos e geopolíticos, ampliando o alcance da extrema direita e reduzindo o alcance de pessoas comprometidas com a cidadania. "Aos poucos, os usuários vão se dar conta de que a rede perdeu a utilidade por ser um instrumento do dono, e não uma plataforma minimamente neutra", diz Attuch.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Saiba mais sobre o Bluesky – O Bluesky, um aplicativo de mídia social, está rapidamente ganhando destaque como uma alternativa ao Twitter, após sua concepção pelo ex-CEO do Twitter, Jack Dorsey. Desenvolvido em paralelo com o Twitter, Bluesky apresenta uma abordagem descentralizada, com uma interface de usuário semelhante ao Twitter, porém com características distintas, como escolha algorítmica, design federado e moderação específica da comunidade.

O projeto Bluesky foi anunciado por Dorsey em 2019, quando ele ainda liderava o Twitter. Na época, Dorsey revelou planos de financiar uma equipe independente para desenvolver um padrão descentralizado para mídias sociais. Entretanto, com a compra do Twitter por Elon Musk, o Bluesky tornou-se completamente independente da plataforma, desassociando-se do Twitter desde o final de 2022.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Diferentemente do Twitter, o Bluesky utiliza um framework de código aberto desenvolvido internamente, conhecido como Protocolo AT. Essa abordagem proporciona transparência para pessoas fora da empresa sobre o desenvolvimento e a construção da plataforma. Com essa arquitetura, o Bluesky busca oferecer aos usuários mais liberdade e controle sobre sua experiência em redes sociais.

Apesar de sua independência do Twitter, o Bluesky ainda mantém sua semelhança com a popular plataforma de microblogging. Os usuários podem criar perfis com identificadores como @username.bsky.social e publicar posts de até 256 caracteres, que podem incluir fotos. O aplicativo também oferece recursos familiares, como retweets, curtidas e a capacidade de seguir outros usuários.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO