HOME > Mídia

População destaca novas ações do Farmácia Popular: 'mais um golaço do Ministério da Saúde'

Com a retomada do programa, 55 milhões de brasileiros que são beneficiários do Bolsa Família passaram a ter acesso a todos os medicamentos disponíveis de graça

Luiz Inácio Lula da Silva e Nísia Trindade (Foto: Ricardo Stuckert / PR)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Internautas destacaram nesta quarta-feira (10) a importância do Famárcia Popular, iniciativa presente em 85% das cidades brasileiras, o que representa 31 mil estabelecimentos em 4,7 mil cidades. Com a retomada do programa, 55 milhões de brasileiros que são beneficiários do Bolsa Família passaram a ter acesso a todos os medicamentos disponíveis de graça. Na rede social X, o tema foi parar na seção Assuntos do Momento.

O deputado federal Fabiano Contarato (PT-ES) comemorou "mais um golaço" do Ministério da Saúde, comandado por Nísia Trindade. "A partir de agora, o programa Farmácia Popular permite o acesso 100% de graça a medicamentos para tratamento de doença de Parkinson, colesterol alto, glaucoma e rinite".

O ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, também comentou sobre o tema. "Não à toa, a pesquisa da Revista Quaest mostra que ele é o programa do governo mais bem avaliado e conhecido pela população. Viva o governo Lula! Viva o programa Farmácia Popular".

Lançado em 2004, no primeiro mandato do atual presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o programa oferta 41 itens, entre fármacos, fraldas e absorventes e, até a implementação dessa medida, somente medicamentos indicados para pessoas com diabetes, hipertensão, asma, osteoporose e anticoncepcionais eram gratuitos.

Em 20 anos, mais de 70 milhões de cidadãos brasileiros foram beneficiados. Mas os avanços continuam: a expectativa do Ministério da Saúde é universalizar o programa, cobrindo 93% do território nacional.

Foram credenciadas 536 novas farmácias em 380 novos municípios de referência do Programa Mais Médicos, com 352 cidades do Norte e Nordeste recebendo a primeira unidade cadastrada. Para alcançar a meta, o credenciamento de novas farmácias e drogarias foi aberto em 811 cidades de todas as regiões do país, com prioridade para os municípios que participam do Mais Médicos – uma estratégia que visa a diminuição dos vazios assistenciais.


iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados