CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mídia

Quaest: 31% receberam fake news sobre o Rio Grande do Sul

Maioria afirma ter recebido informações falsas de "conhecidos em grupos de WhatsApp" e "amigos"

Imagem Thumbnail
WhatsApp (Foto: EBC)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Pesquisa realizada pela Quaest e divulgada por Lauro Jardim, do jornal O Globo, neste domingo (12) revela dados preocupantes sobre a disseminação de fake news relacionadas às enchentes que assolam o Rio Grande do Sul. Com entrevistas realizadas entre os dias 2 e 6 de maio, a pesquisa incluiu a pergunta crucial: "você recebeu alguma fake news sobre as enchentes no Rio Grande do Sul?".

Os resultados revelaram que 31% dos entrevistados admitiram ter recebido informações falsas sobre a tragédia gaúcha. Embora 69% tenham negado terem sido expostos a fake news, é importante ressaltar que uma parte desse grupo pode ter sido vítima de desinformação sem reconhecê-la como tal.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A pesquisa avançou, indagando aos que admitiram terem recebido fake news sobre a fonte dessas informações. Mais da metade apontou que as fake news provinham de fontes próximas, com 35% atribuindo a disseminação a "conhecidos em grupos de WhatsApp" e 24% a "amigos". Em seguida na lista de fontes estão "políticos" e "colegas de trabalho", ambos com 11%, e "primo, tio, avô", com 10%.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO