CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Altman: "governo Biden não passa de uma farsa, marcado pela hipocrisia"

"EUA exerceram seu direito de veto no Conselho de Segurança da ONU, contra o reconhecimento do Estado palestino", denuncia

Imagem Thumbnail
Breno Altman | Gaza (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | Reuters)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - "Isolados, os EUA exerceram seu direito de veto no Conselho de Segurança da ONU, contra o reconhecimento do Estado palestino. O governo Biden não passa de uma farsa, marcado pela hipocrisia e a manipulação, cúmplice do genocídio praticado pelo Estado colonial e racista de Israel", disse o jornalista Breno Altman em suas redes sociais.

Saiba mais - Os Estados Unidos votarão contra a proposta de resolução do Conselho de Segurança da ONU para a adesão plena da Palestina às Nações Unidas, disse nesta quinta-feira (18) o porta-voz adjunto do Departamento de Estado dos EUA, Vedant Patel.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"Os Estados Unidos estão votando 'Não' nesta proposta de resolução do Conselho de Segurança", disse Patel durante uma coletiva de imprensa, segundo a agência Sputnik. 

O Conselho de Segurança das Nações Unidas votará sobre a adesão plena da Palestina às Nações Unidas, informou a Missão de Malta, que detém a presidência rotativa do conselho, em uma postagem na X nesta quinta-feira.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A resolução precisaria do voto favorável de pelo menos nove membros do Conselho de Segurança, sem vetos dos membros permanentes: Rússia, China, EUA, Reino Unido ou França. Se aprovado, o projeto de resolução avançaria então para a Assembleia Geral da ONU, onde dois terços dos membros devem votar a favor para que um Estado seja admitido como membro pleno das Nações Unidas.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO