CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Escritor antirrusso é identificado como autor de atentado contra premiê da Eslováquia

Juraj Cintula, ligado a um partido de centro-esquerda, tem histórico de criticar governo por ‘afastar a Eslováquia do Ocidente’

Autor do atentado a Robert Fico foi caputado minutos depois de efetuar os disparos contra o premiê eslovaco (Foto: Agência TASR)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Por Victor Farinelli, Opera Mundi - A polícia da Eslováquia divulgou, no final da tarde desta quarta-feira (15/05), a identidade do autor do atentado contra o primeiro-ministro do país, Robert Fico.

Se trata do escritor Juraj Cintula, de 71 anos, conhecido em seu país por ser um ativista político antirrusso, ligado ao partido de centro-esquerda Eslováquia Progressista.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Segundo a imprensa local, o autor do atentado é conhecido por suas críticas ao governo de Fico, que, segundo ele, estariam “afastando a Eslováquia do Ocidente e da Europa”.

O primeiro-ministro eslovaco foi alvo de um ataque a tiros nesta mesma quarta, após sair de uma reunião ministerial em Bratislava, capital do país. Segundo a imprensa local, ele continua internado em estado gravíssimo, devido a tiros que recebeu no peito e abdome.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

APOIO AO ALIADO PUTIN - Líder do Partido Social Democrata (Smer, por sua sigla em idioma local), que representa a centro-direita do espectro político local, Robert Fico venceu as eleições eslovacas realizadas em setembro de 2023, que o levaram a assumir seu terceiro mandato não consecutivo: seu primeiro período foi entre julho de 2006 e julho de 2010, e o segundo entre abril de 2012 e março de 2018.

Fico é considerado um aliado do presidente da Rússia, Vladimir Putin. Sua campanha eleitoral em 2023 foi baseada em críticas à ajuda do país à Ucrânia em meio à guerra no país vizinho.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Como primeiro-ministro, após seu retorno ao cargo, ele cumpriu a promessa de impedir o fornecimento de armas à Ucrância através do território da Eslováquia. Também mudou a postura do país nas votações sobre as sanções à Rússia, passando a votar contra essas propostas.

Nesta mesma quarta, o presidente russo enviou uma carta à presidente da Eslováquia, Zuzana Caputova, na qual lamentou a situação enfrentada por Fico, a quem descreveu fico como um homem “corajoso e incansável”.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

“Cara senhora presidente, tomei conhecimento com tristeza do atentado contra a vida de Robert Fico, o líder do governo da Eslováquia. Este crime hediondo não tem justificativa”.

Caputova foi eleita presidente em 2019, quando pertencia ao partido Eslováquia Progressista, o mesmo no qual milita o escritor Juraj Cintula, autor do atentado a Fico. Atualmente ela não tem partido, mas continua sendo representante do setor pró-Ocidente da política eslovaca.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO