CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

EUA e Reino Unido serão cúmplices em crimes de guerra se não suspenderem ajuda militar a Israel, diz Humans Right Watch

Segundo a ONG de direitos humanos, Israel matou ou feriu pelo menos 31 trabalhadores humanitários em Gaza desde outubro

Casas e edifícios destruídos em ataques israelenses, em Jabalia, no norte da Faixa de Gaza (Foto: Reuters/Anas al-Shareef)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

(Sputnik) - Os Estados Unidos e o Reino Unido devem parar de fornecer assistência militar a Israel ou correm o risco de serem cúmplices de crimes de guerra, afirmou a Human Rights Watch (HRW) nesta terça-feira (14). 

Mais cedo no mesmo dia, a HRW informou que Israel matou ou feriu pelo menos 31 trabalhadores humanitários em Gaza desde outubro, em pelo menos oito ataques a seus comboios e instalações, mesmo depois de os grupos de ajuda terem fornecido suas coordenadas às autoridades israelenses com antecedência para garantir sua proteção.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"Os aliados de Israel, incluindo os Estados Unidos e o Reino Unido – ambos os Estados que enviam partes de armas aparentemente usadas em pelo menos um dos ataques documentados – devem suspender a assistência militar e as vendas de armas a Israel enquanto suas forças cometerem violações sistemáticas e generalizadas das leis de guerra contra civis palestinos com impunidade", disse a HRW.

Os governos que continuam enviando armas para Israel correm o risco de cumplicidade em crimes de guerra, alertou a organização.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"Eles também devem usar sua influência, incluindo através de sanções direcionadas, para pressionar as autoridades israelenses a cessar a prática de abusos graves e permitir o fornecimento de ajuda humanitária e serviços básicos em Gaza, em conformidade com as obrigações de Israel sob o direito internacional e as recentes ordens da Corte Internacional de Justiça contra Israel no caso movido pela África do Sul referente a supostas violações da Convenção sobre o Genocídio", disse a HRW.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO