CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Macron diz que Europa deve estar pronta para impedir que Rússia vá "longe demais" na Ucrânia

O líder francês afirmou esperar fortemente que a França não tenha que se envolver em hostilidades

Imagem Thumbnail
Emmanuel Macron (Foto: Sergey Guneyev/TASS)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

PARIS, 11 de maio (Sputnik) - A Europa deve estar pronta para deter a Rússia se ela "ultrapassar os limites" em seu conflito com a Ucrânia e ameaçar os interesses e a segurança europeus, disse o presidente francês Emmanuel Macron no sábado.

"Se os russos ultrapassarem os limites em algum momento, todos nós, europeus, devemos estar prontos para agir para contê-los", disse Macron em uma aparição em vídeo nas redes sociais, respondendo a perguntas dos usuários.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Ao mesmo tempo, o líder francês afirmou esperar fortemente que a França não tenha que se envolver em hostilidades, pois é "um poder não de guerra, mas de paz". No entanto, se a Europa quer paz, terá que defendê-la, acrescentou.

"É por isso que precisamos nos armar e é por isso que precisamos ser uma dissuasão e persuasivos em relação aos nossos inimigos, dizendo-lhes: 'Se você chegar ao ponto de ameaçar meus interesses e minha segurança, não descarto a intervenção'", disse Macron também.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Após uma conferência sobre a Ucrânia realizada em Paris em 26 de fevereiro, Macron afirmou que os líderes ocidentais discutiram a possibilidade de enviar tropas para a Ucrânia, mas não chegaram a um consenso. Alguns líderes da UE se apressaram em descartar tais planos, enquanto Macron reiterou em várias ocasiões que a opção de enviar tropas para a Ucrânia deveria permanecer em cima da mesa.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO