Ação na PGR acusa Bolsonaro de crime de responsabilidade por impedir desenvolvimento da vacina

Deputados do PT Enio Verri e Paulo Teixeira protocolaram o documento um dia depois de a Anvisa decidir suspender os testes da CoronaVac. "Bolsonaro e a diretoria da Anvisa serão acionados por crime de responsabilidade", disse Paulo Teixeira

Paulo Teixeira, Enio Verri e Jair Bolsonaro
Paulo Teixeira, Enio Verri e Jair Bolsonaro (Foto: Lula Marques | Gustavo Bezerra | Reprodução | Isac Nóbrega/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Os deputados federais Enio Verri, líder do PT na Câmara, e Paulo Teixeira (PT-SP) protocolaram na manhã desta quarta-feira (11) uma ação de crime de responsabilidade na Procuradoria Geral da República (PGR) contra Jair Bolsonaro e a diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), um dia depois de o órgão suspender os testes da CoronaVac e ser acusado de agir politicamente a mando do governo.

"Bolsonaro e a diretoria da Anvisa serão acionados por crime de responsabilidade", anunciou Paulo Teixeira em vídeo publicado em suas redes sociais (assista abaixo). 

A Coronavac, imunizante contra a Covid-19, é desenvolvida na China e terá produção conjunta com o Instituto Butantan, de São Paulo, o que levou Bolsonaro a promover uma cruzada ideológica contra a suadistribuição no Brasil. 

Nesta terça-feira (10), ele chegou a comemorar em suas redes sociais o fato de a Anvisa ter cancelado as testagens da vacina. “Jair Bolsonaro venceu”, disse ele, referindo-se às tensões com o  governador de São Paulo, João Doria (PSDB-SP).

O governo de São Paulo já considera inevitável uma batalha judicial contra órgãos federais para defender a aplicação da vacina chinesa Coronavac, que será produzida no Brasil em parceria com o Instituto Butantan.

Nesta linha, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski determinou nesta terça-feira (10) que a Anvisa preste esclarecimentos, em até 48 horas, sobre os critérios usados nos estudos e testes sobre a vacina CoronaVac.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247