Moraes manda PF enviar ao TSE minuta golpista encontrada na casa de Anderson Torres

O documento previa um ‘estado de defesa’ no TSE, o que é inconstitucional

www.brasil247.com - Presidente do TSE, Alexandre de Moraes
Presidente do TSE, Alexandre de Moraes (Foto: REUTERS/Adriano Machado)


247 - O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, ordenou à Polícia Federal (PF) que envie à Corte eleitoral uma cópia da minuta golpista encontrada na casa do ex-secretário de Segurança Pública e ex-ministro da Justiça, Anderson Torres.

No dia 12 de janeiro, policiais federais encontraram na casa de Torres, em Brasília, um documento com a estratégia para uma tentativa de golpe no país. Ela envolvia a decretação de um ‘estado de defesa’ na sede do TSE. 

Em sua defesa, Torres disse que o documento foi vazado “fora de contexto”, e que a minuta se encontrava em uma pilha de papéis para descarte. Por sua vez, Bolsonaro disse que o documento é "apócrifo", nunca foi publicado e "nunca extravasou o plano da cogitação". (Com informações do UOL).

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247