HOME > Sul

Governo Lula poderá suspender pagamentos da dívida do Rio Grande do Sul com a União

Governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite pediu ao governo federal a suspensão dos pagamentos durante o período de reconstrução do estado, devastado por enchentes

Lula e Fernando Haddad (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Diante das devastadoras enchentes que assolam o estado do Rio Grande do Sul, o governador Eduardo Leite (PSDB) solicitou ao governo federal a suspensão do pagamento da dívida do estado com a União, assim como dos encargos financeiros associados a ela, durante o período de reconstrução do estado. Segundo Igor Gadelha, do Metrópoles, nos bastidores, ministros ligados ao governo Lula (PT) revelaram que há uma grande possibilidade de que essa solicitação seja atendida. Ministros do Palácio do Planalto e da área econômica indicaram que as chances de suspensão do pagamento variam de 70% a 90%.

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT), está tratando do assunto, tendo discutido a questão em uma reunião com o secretário do Tesouro Nacional, Rogério Ceron, na segunda-feira (6). Haddad, no entanto, afirmou a interlocutores que ainda não tomou uma decisão e que pretende ainda dialogar com o governador gaúcho.

A expectativa é de que a equipe econômica do governo federal chegue a uma decisão até o final desta semana, levando-a ao presidente Lula para a aprovação final. A suspensão do pagamento da dívida poderá ser uma medida crucial para auxiliar o estado do Rio Grande do Sul durante o processo de reconstrução após as devastadoras chuvas.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados