Luciano Hang questiona se não deveria ter dado cloroquina à mãe de 82 anos que morreu de Covid

"Eu me questiono se não deveria ter dado o tratamento preventivo que o governo recomenda. Talvez ela tivesse se salvado", disse o empresário bolsonarista Luciano Hang, das lojas Havan, sobre o uso de medicamentos que não têm eficácia contra o coronavírus

Luciano Hang e a mãe, Regina Modesti Hang
Luciano Hang e a mãe, Regina Modesti Hang (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O empresário bolsonarista Luciano Hang, dono das lojas Havan, disse à revista Veja que se questionou se não deveria ter aplicado o “o tratamento preventivo", que não tem eficácia contra a Covid-19, em sua mãe, Regina Modesti Hang, que morreu de complicações decorrentes do coronavírus. 

“Quando ela morreu cheguei a pensar: ‘Poderia ter feito mais pela minha mãe’. Eu me questiono se não deveria ter dado o tratamento preventivo que o governo recomenda. Talvez ela tivesse se salvado. Ela tinha 82 anos, sobrepeso, tomava mais de vinte comprimidos por dia, era cardíaca, tinha diabetes e insuficiência renal, por isso não demos os remédios. Diziam que seria perigoso”, disse o empresário bolsonarista Luciano Hang. 

Defensor da cloroquina como tratamento precoce e crítico do isolamento social, Luciano Hang também contraiu Covid-19 e chegou a ser internado no mesmo hospital, junto com a esposa. Mesmo depois de receber alta, no final de janeiro, ele continuou a defender o tratamento precoce contra a doença, algo inexistente no âmbito de estudos científicos.

 Inscreva-se na TV 247, seja membro, e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email