CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Sul

Ministério da Saúde já enviou 25 toneladas de medicamentos e insumos para atender população gaúcha

A Força Nacional do SUS opera quatro hospitais de campanha no Rio Grande do Sul neste momento

Imagem Thumbnail
(Foto: Ministério da Saúde)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Em resposta à crise desencadeada pelas enchentes devastadoras que assolam o Rio Grande do Sul, o Ministério da Saúde já enviou 25 toneladas de medicamentos e insumos para garantir o abastecimento adequado no estado. O número foi apresentado durante uma entrevista coletiva realizada na segunda-feira (13), no Hospital Conceição, em Porto Alegre, concedida a rádios regionais.

Segundo as autoridades de saúde, 100 kits de medicamentos e insumos, conhecidos como kits emergenciais, foram distribuídos recentemente no estado. Esses kits têm a capacidade de atender até 1,5 mil pessoas durante um mês e são compostos por uma variedade de remédios, luvas, seringas, ataduras, entre outros itens essenciais.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O secretário de Atenção Primária à Saúde, Felipe Proenço, detalhou a operação de hospitais de campanha no estado, confirmando que a Força Nacional do Sistema Único de Saúde (SUS) estará operando quatro hospitais de campanha, sendo um em Canoas, outro em Porto Alegre, um terceiro em São Leopoldo, e ainda está pendente a definição do local para a quarta unidade. Desde o início da calamidade no Rio Grande do Sul, o Ministério da Saúde já enviou recursos para 246 unidades de assistência.

Alertas foram emitidos pelas autoridades de saúde sobre a possível propagação de doenças respiratórias, especialmente gripe e Covid-19, devido às aglomerações em abrigos e à queda nas temperaturas.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Durante a coletiva, números significativos foram apresentados, evidenciando a intensidade das operações de resposta às enchentes no estado. Com um total de 1,6 mil atendimentos registrados até o momento, o esforço inclui equipes médicas em hospitais de campanha, unidades móveis e apoio psicossocial.

Além disso, medidas financeiras significativas foram tomadas para apoiar as operações de socorro, incluindo a liberação de recursos do governo federal, antecipação de pagamentos e repasses para compra de medicamentos e suprimentos essenciais.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Em paralelo, o Programa Nacional de Imunizações (PNI) está enviando 600 doses de imunoglobulina, além de uma ampla variedade de vacinas contra doenças como hepatite A, raiva, poliomielite e influenza, bem como doses adicionais de vacinas contra COVID-19.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO