CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Sul

"Parte do processo desapareceu!", acusa Tacla Duran em pedido de afastamento de juiz da Lava Jato

Danilo Pereira Júnior teria descumprido determinação da Suprema Corte

Rodrigo Tacla Duran (Foto: Reprodução)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 -  O advogado Rodrigo Tacla Duran deu início a um novo capítulo na disputa envolvendo o juiz titular da 13ª Vara Federal de Curitiba Danilo Pereira Júnior. Ele encaminhou um pedido de afastamento do magistrado ao corregedor nacional de Justiça, Luis Felipe Salomão, baseado em alegações de conduta imprópria do magistrado.

Ele afirma que, embora a Suprema Corte tenha solicitado a entrega completa do processo em que está envolvido, a 13ª Vara teria enviado a documentação com uma parte faltante. Mesmo após um pedido de reenvio feito pelo STF em março, Pereira Júnior ainda não teria cumprido essa determinação, segundo as alegações de Tacla Duran.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"Parte do processo, cuja cópia o STF requisitou, desapareceu! E o Meritíssimo se nega a restaurar os autos e cumprir a decisão do STF", declarou Rodrigo Tacla Duran em suas redes sociais.

Além disso, de acordo com a reclamação apresentada a Salomão, o magistrado teria retomado a análise de um caso já previamente examinado por ele próprio enquanto atuava como substituto na 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). Isso levanta questões sobre a possível violação do Código Penal, que proíbe a duplicidade de atuação em um mesmo processo.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO