CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Saúde

Programa BNDES Emergencial para o RS abre linha de crédito de R$ 15 bilhões

Entre os beneficiários estão produtores rurais e transportadores autônomos de carga

Imagem Thumbnail
Aloizio Mercadante (Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil | Reuters/Sergio Moraes)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Pessoas jurídicas de direito privado de todos os portes (inclusive cooperativas), produtores rurais, transportadores autônomos de carga e empresários individuais do Rio Grande do Sul poderão procurar a partir desta terça-feira (11) os seus bancos de relacionamento para solicitar acesso à linha de crédito de R$ 15 bilhões anunciada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. De acordo com autoridades gaúchas, mais de 470 dos 497 municípios do estado tiveram problemas por causa das enchentes, impactando cerca de 2,3 milhões de pessoas. Foram registradas 175 mortes desde 29 de abril.

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, Aloizio Mercadante, destacou a importância da instituição bancária para ajudar as vítimas das chuvas no Rio Grande do Sul. "O BNDES aderiu ao movimento Brasil Unido pelo Rio Grande do Sul e, em parceria com o governo do presidente Lula, vem trabalhando para apoiar as empresas e os produtores rurais gaúchos com soluções financeiras que auxiliem o processo de retomada econômica e de reconstrução das regiões afetadas pela tragédia climática".

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Serão disponibilizadas três linhas de financiamento: Máquinas e equipamentos , para financiamento à aquisição de máquinas e equipamentos para recompor a capacidade produtiva; Investimento e reconstrução , para financiamento a projetos de investimento, como construção ou reforma de fábricas, galpões, armazéns, estabelecimentos comerciais, etc e Capital de Giro , para apoio financeiro para necessidades imediatas, como pagamento da folha e de fornecedores, recomposição de estoques e demais gastos para a manutenção e retomada das atividades.

As linhas foram anunciadas, nesta segunda-feira, 10, no Palácio do Planalto, em Brasília (DF) pelo presidente do BNDES, ao lado dos diretores do Banco, Alexandre Abreu (Finanças e Crédito Digital), Nelson Barbosa (Planejamento e Relacionamento Institucional, José Luis Gordon (Desenvolvimento Produtivo, Inovação e Comércio Exterior) e do ministro da Secretaria Extraordinária de Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul, Paulo Pimenta.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO