HOME > Brasil

'É absurdo que big techs queiram continuar sendo uma terra sem lei’, diz Moraes

Ministro do STF disse que as grandes empresas de tecnologia precisam ser responsabilizadas em caso de espalharem conteúdos "contra a democracia"

Alexandre de Moraes (Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes criticou duramente nesta sexta-feira (28) as grandes empresas de tecnologia globais, as chamadas big techs, por, segundo ele, evitarem legislação reguladora sobre a atividade nas redes sociais e Internet mais amplamente. 

“Hoje não existe mais nenhuma dúvida de que as redes sociais, as big techs, precisam ser regulamentadas e responsabilizadas. Não há dúvida nisso. A União Europeia, o ano passado, aprovou duas leis importantíssimas exatamente para isso. Não há, no mundo e historicamente, nenhum setor importante para a sociedade que não seja regulamentado”, disse o magistrado durante o 12º Fórum de Lisboa, completando:

“Então, é absurdo que as big techs queiram continuar sendo uma terra sem lei, atingindo e sendo instrumentalizadas contra a democracia, sendo instrumentalizadas contra a dignidade das pessoas". (Com informações da Itatiaia). 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados