CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

Elon Musk volta a usar o X para atacar Alexandre de Moraes

O bilionário acusa Moraes de usar a toga para supostamente perseguir desafetos e de promover censura no Brasil

Alexandre de Moraes e Elon Musk (Foto: Reuters)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O bilionário Elon Musk voltou a dar demonstrações da instrumentalização de sua plataforma de rede social, o X (antigo Twitter), para interesses próprios e, em postagens nesta quarta-feira (17), atacou novamente o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes. Recentemente, Musk já havia feito uma série de provocações ao magistrado, ameaçando inclusive descumprir decisões judiciais proferidas pelo tribunal em relação ao X no Brasil.

"As ações de censura contra representantes eleitos exigidas por Alexandre [de Moraes] violam a legislação brasileira. A lei quebrou a lei", escreveu Musk.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Desta vez, Musk compartilhou postagens que acusam Moraes de usar a toga para "atingir críticos de todo o espectro político, muitas vezes contornando os processos legais tradicionais" e de promover censura durante a campanha eleitoral de 2022, quando foi necessário determinar a exclusão de publicações nas redes e o bloqueio de certos perfis para coibir a disseminação de fake news.

São citados como supostos 'perseguidos' por Moraes: Jair Bolsonaro (PL), a deputada federal Carla Zambelli (PL-SP) e os comunicadores bolsonaristas Paulo Figueiredo e Rodrigo Constantino, entre outros.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO