HOME > Brasil

Para a PGR, já há provas suficientes para denunciar Bolsonaro no caso das joias

Diretor-geral da Polícia Federal revelou que as investigações envolvendo Jair Bolsonaro serão concluídas em breve

Jair Bolsonaro e presídio federal de segurança máxima (Foto: Reuters | Agência Brasil )

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - A Procuradoria-Geral da República (PGR) "recebeu com tranquilidade", segundo Ricardo Noblat, do Metrópoles, a informação de que as investigações conduzidas pela Polícia Federal (PF) envolvendo Jair Bolsonaro (PL) estão perto do fim. Em um café da manhã com jornalistas realizado nesta terça-feira (11), o diretor-geral da PF, Andrei Rodrigues, revelou que quatro inquéritos de alta relevância estão prestes a ser concluídos, com prazo estimado entre junho e agosto deste ano:

  • Fraude no cartão de vacina: alegações de que Bolsonaro teria falsificado registros de vacinação contra a covid-19 para poder entrar nos Estados Unidos.
  • Comércio ilegal de joias da União: investigação sobre o suposto envolvimento de Bolsonaro na comercialização de joias que pertencem ao patrimônio da União.
  • Tentativa de golpe: abertura de inquérito sobre tentativas de Bolsonaro de subverter o processo democrático durante seu mandato.
  • Abin paralela: Acusações de que uma Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) paralela teria sido usada para fins pessoais.

"Com base nas provas públicas, a PGR, liderada por Paulo Gonet, considera que as investigações sobre o comércio de joias são suficientes para oferecer denúncias. Assim, essas apurações não serão reabertas caso a PF solicite indiciamento", diz Noblat.

Os outros três inquéritos ainda estão sendo finalizados pela PF, e a PGR aguarda a conclusão dessas apurações antes de tomar qualquer posição. 

Assim que os inquéritos forem oficialmente encerrados, a PGR estará preparada para agir com rapidez. A expectativa é de que a apresentação de denúncias ao Supremo Tribunal Federal (STF) ocorra de forma acelerada, dado que o STF geralmente estipula prazos curtos para a manifestação da PGR após o término dos inquéritos.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados