Economia

'Brasil considera transição para moedas locais no comércio dentro do BRICS', diz Haddad

País está discutindo ativamente o assunto neste momento, disse o ministro da Fazenda

Fernando Haddad (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Sputnik Brasil - O Ministério da Fazenda segue diretrizes apontadas no início da gestão, quando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva discursou sobre os benefícios de usar moedas locais ou uma moeda comum dentro do BRICS. Fernando Haddad apontou que o assunto está sendo "ativamente discutido".

O Brasil está aberto à possibilidade de usar moedas locais para selar acordos nas negociações entre os países-membros do BRICS e está discutindo ativamente o assunto neste momento, disse o ministro da Fazenda nesta quarta-feira (17).

"Há muitas discussões no BRICS sobre a utilização de instrumentos financeiros alternativos para desenvolver o comércio entre os membros do BRICS e com terceiros países. O que atualmente atrai mais atenção é a possibilidade de operar em moedas locais, [que também] podem ser usadas no curto prazo para desenvolver o comércio regional", disse Haddad em resposta a uma pergunta da Sputnik durante uma parada na conferência do FMI e do Banco Mundial.

O ministro participa nesta semana, em Washington, nos Estados Unidos, da reunião de primavera do Fundo Monetário Internacional (FMI), do Banco Mundial e da segunda reunião da Trilha de Finanças do G20.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Entre os temas a serem discutidos estão a transformação ecológica e a reforma tributária internacional. Na quinta-feira (18), Haddad preside a segunda reunião ministerial do G20 pela manhã e, à tarde, terá reunião bilateral com o ministro de Finanças da China, Lan Fo'an, segundo a Agência Brasil. O evento vai até sexta-feira (19).

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO