Presidente da Aprosoja também é alvo de operação da Polícia Federal nesta sexta

A operação atingiu também o deputado federal bolsonarista Otoni de Paula e o cantor Sérgio Reis, investigados pelos crimes "de incitar a população a praticar atos violentos e ameaçadores contra a Democracia"

www.brasil247.com - Antonio Galvan
Antonio Galvan (Foto: Reprodução)


247 - O presidente da Associação Brasileira de Produtores de Soja, Antonio Galvan, é um dos alvos da operação da Polícia Federal da manhã desta sexta-feira (20), segundo Caio Junqueira, da CNN Brasil, que mirou também o deputado federal bolsonarista Otoni de Paula (PSC-RJ) e o cantor Sérgio Reis

Galvan é uma das lideranças do agronegócio e tem se manifestado favoravelmente a Jair Bolsonaro no que diz respeito aos ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF). 

Ele é também um dos organizadores das manifestações de 7 de setembro. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A operação, que cumpre mandados de busca e apreensão, tem origem em um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) e tem como objetivo, segundo a PF, "apurar o eventual cometimento do crime de incitar a população, através das redes sociais, a praticar atos violentos e ameaçadores contra a Democracia, o Estado de Direito e suas Instituições, bem como contra os membros dos Poderes”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 Inscreva-se na TV 247, seja membro e compartilhe:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email