Monark convida Elon Musk para "fumar maconha"

"Ei Elon Musk, já que você está no Brasil, posso ter você no meu podcast?", escreveu o youtuber na rede social

www.brasil247.com - Uoutuber Bruno Aiub, o Monark, e o empresário Elon Musk
Uoutuber Bruno Aiub, o Monark, e o empresário Elon Musk (Foto: youtuber Bruno Aiub, o Monark)


247 - O youtuber Bruno Aiub, o Monark, fez nesta sexta-feira (20) uma publicação em tom provocativo no Twitter direcionada ao bilionário Elon Musk, que chegou ao Brasil nesta sexta para um encontro com Jair Bolsonaro (PL). 

"Ei @elonmusk já que você está no Brasil, posso ter você no meu podcast?", escreveu o influenciador na redes social. "Podemos fumar maconha, eu tenho a boa merda", acrescentou o youtuber, que chegou a ser demitido do Flow Podcast, em fevereiro, ao defender a legalização de um partido nazista no Brasil.

Durante encontro nesta sexta, o empresário sul-africano Elon Musk afirmou estar "super animado" para fazer o monitoramento ambiental da Amazônia, que terá suas riquezas na mira de um estrangeiro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Bolsonaro também ofereceu ao empresário a base de Alcântara (MA), que serve para o lançamento de foguetes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Reações ao encontro

Coordenador do MapBiomas e especialista em monitoramento ambiental, Tasso Azevedo afirmou que o Brasil não precisa de satélites do bilionário. De acordo com o analista, falta é ação do governo para conter o desmatamento

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O professor da Universidade Federal do ABC (SP) Sergio Amadeu, pesquisador de redes digitais, afirmou que as propostas discutidas no encontro entre Bolsonaro e Musk são o "símbolo da submissão" do Brasil aos interesses estrangeiros. 

Internautas também criticaram a reunião dos dois. O deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP), por exemplo, destacou que a 'extrema direita americana está interferindo nas eleições brasileiras'. Outros parlamentares e nomes como a cantora Zélia Duncan também se pronunciaram no Twitter.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email