CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Blinken pede esforços para evitar escalada no Oriente Médio após ataque do Irã a Israel

Na noite de sábado, o Corpo de Guarda Revolucionária Islâmica do Irã lançou mais de 300 drones e mísseis contra Israel

Imagem Thumbnail
Antony Blinken (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

(Sputnik) - O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, discutiu o ataque do Irã a Israel com diplomatas de países estrangeiros e enfatizou a necessidade de evitar uma maior escalada no Oriente Médio, informou o Departamento de Estado dos EUA.

"O Secretário de Estado Antony J. Blinken falou hoje com o Ministro das Relações Exteriores do Egito, Sameh Shoukry. O Secretário e o Ministro das Relações Exteriores discutiram o ataque aéreo sem precedentes de Irã a Israel. O Secretário Blinken e o Ministro das Relações Exteriores [do Egito] destacaram a importância de evitar a escalada e coordenar uma resposta diplomática", disse o departamento em um comunicado divulgado no domingo.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Blinken também realizou uma conversa telefônica com o secretário de Relações Exteriores do Reino Unido, David Cameron, e sua contraparte alemã, Annalena Baerbock, acrescentou o Departamento de Estado dos EUA.

"Eles concordaram sobre a importância de condenar esses ataques nos termos mais fortes possíveis e prevenir uma maior escalada na região. O Secretário reafirmou o compromisso inabalável e inequívoco da América com a segurança de Israel, destacando que permaneceremos vigilantes a todas as ameaças e não hesitaremos em tomar todas as ações necessárias para proteger nosso povo", afirmou o comunicado.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Na noite de sábado, o Corpo de Guarda Revolucionária Islâmica do Irã lançou mais de 300 drones e mísseis contra Israel em seu primeiro ataque direto ao território israelense, disseram as Forças de Defesa de Israel (IDF). O ataque foi uma resposta ao ataque aéreo de Israel ao consulado iraniano em Damasco em 1º de abril.

A mídia estatal iraniana relatou que o Irã disparou pelo menos sete mísseis hipersônicos contra Israel, sem que nenhum deles fosse interceptado. Enquanto isso, a CNN informou, citando autoridades dos EUA, que o exército dos EUA interceptou mais de 79 drones e pelo menos três mísseis hipersônicos durante o ataque. O porta-voz da IDF, Daniel Hagari, disse que Israel interceptou 99% dos alvos aéreos disparados pelo Irã, incluindo todos os drones.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO