CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Estônia considera despachar tropas para o oeste da Ucrânia, diz conselheiro de segurança nacional

O conselheiro Madis Roll informou que "não era impossível" para os membros da OTAN que se opunham a se envolverem mudar de ideia mais adiante

Exército da Ucrânia (Foto: Otan/Fotos Públicas)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Sputnik - A Estônia está considerando enviar tropas para o oeste da Ucrânia para assumir papéis de combate indiretos a fim de liberar as forças ucranianas para lutar na linha de frente, relatou o Breaking Defense na segunda-feira, citando o conselheiro de segurança nacional da Estônia para o presidente.

Madis Roll foi citado no relatório dizendo que "as discussões estão em andamento" no poder executivo e a Estônia "deveria estar examinando todas as possibilidades".

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Roll também disse que a Estônia preferiria se envolver como parte de uma missão da OTAN, embora não descartasse a possibilidade de participar de uma coalizão menor.

O conselheiro de segurança nacional acrescentou que não era impossível para os membros da OTAN que se opunham a se envolverem mudar de ideia mais adiante.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O chefe das forças de defesa da Estônia, Gen. Martin Herem, disse ao Breaking Defense na semana passada que anteriormente houve conversas sobre enviar tropas para o oeste da Ucrânia para ajudar com serviços médicos, logística ou defesa aérea, mas a ideia atraiu muita controvérsia pública.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO