CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Nos EUA, Elon Musk vai depor sobre Alexandre de Moraes e deve intensificar os ataques ao Judiciário brasileiro

O bilionário fez ataques ao ministro do STF. Alvo da extrema-direita no Brasil, o magistrado é relator do inquérito das fake news, que atinge principalmente aliados de Bolsonaro

Imagem Thumbnail
Elon Musk (à esq.) e Alexandre de Moraes (Foto: Leon Neal/Pool via Reuters | ABR)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O dono da rede social X, Elon Musk, vai depor à Câmara dos Estados Unidos, onde fará um pronunciamento sobre a atuação do ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes, atacado principalmente por lideranças e apoiadores da extrema-direita no Brasil. 

O depoimento foi marcado para acontecer até o dia 8 na Comissão de Relações Exteriores. O empresário vai falar sobre o caso que ficou conhecido como “Twitter files” - determinações de Moraes obrigando redes sociais a suspenderem perfis de políticos e militantes investigados em inquérito sob relatoria do juiz do STF.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O bilionário tem atacado o ministro do STF por conta de propostas em discussão com o objetivo de evitar a propagação de mentiras e discursos de ódio. A Polícia Federal está investigando os ataques do empresário ao juiz da Corte. 

O ministro teve atuação de destaque no inquérito das fake news, que atinge principalmente aliados de Jair Bolsonaro (PL) e apoiadores da extrema-direita. O ex-mandatário está inelegível por causa das notícias falsas espalhadas em 2022, quando fez acusações sem provas e afirmou que o sistema eleitoral brasileiro não tem segurança contra fraudes. 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO